VOLTA, BLOGSFERA

postado por Lorenna Guerra



Daqui a exatos dez dias faço 21 anos. Mas esse texto não é sobre isso. Eu leio blogs desde que ganhei meu primeiro computador, na verdade não lembro qual era a minha idade. O que eu lembro é que uma vez vi uma matéria falando que “os blogs vão substituir os diários e os livros” e fui logo no santo Google ver o que eram essas páginas.

Quando resolvi que também queria blogar e criei uma página eu tinha mais ou menos 14 anos. Antes disso gostava de postar no tal do flogão e etc. No blogspot comecei a falar sobre tudo que vinha na cabeça: Postava textos onde eu expressava meus sentimentos, contava sobre minha admiração por meninas que tiravam fotos bonitas, sobre minha vontade de ter uma câmera e de visitar Porto Seguro (por causa do mar, mas também porque vi que lá tinha uma feirinha daquelas que eu poderia ficar horas vasculhando e porque fiquei sabendo que na Bahia tinha golfinhos). Nessa época o meu cursor era rosa e deixava aqueles rastros de estrelinhas piscando. Eu também adorava gifs e foi pesquisando como fazer que tive meus primeiros contatos com programas de edição. Depois de um tempo dedicado a isso, exclui a página e comecei a focar mais nos estudos.

A um tempo atrás voltei a mexer e criei meu blog atual, o Garotas Dizem. Aqui eu me sentia em casa falando sobre tudo. Eram poucos leitores, mas comentários enormes de pessoas que achavam o blog aquela coisa mais-legal-de-todas-as-legais-do-mundo. E foi assim que fui me apaixonando por tudo isso que vemos por aqui. A mais ou menos um ano comecei a me destacar nessa área, tendo pouco mais que seis mil visitas diárias e várias empresas me procurando. Mas aos poucos fui perdendo o foco, e culpo o trabalho e os estudos por isso. Mas acontece que as pessoas crescem, e não me arrependo de ter deixado tudo isso de lado pra tentar me ajeitar com a vida. Nem todo mundo que é visto por aqui vira blogueira profissional e ganha a vida com isso. Muito menos tem a família rica ou com contatos o suficiente pra fazer com que isso vire um trabalho. Não estou criticando, admiro essas meninas que conseguiram levar isso a diante e muitas delas conseguiram isso sem meios que facilitassem, se esforçaram e etc. Mas não é o que eu quero pra minha vida, não agora.

O que me desanimou foi exatamente isso... Não quero isso pra minha vida. Não quero seis mil visitas diárias se as pessoas passam por aqui e não deixam sua opinião. Não quero focar em um só assunto porque eu sou uma pessoa normal, e uma pessoa normal fala sobre todos os assuntos que vem na cabeça. O meu blog é sobre tudo, não está em uma categoria específica e eu não tenho a intenção que esteja. Não vou focar em beleza sendo que vão existir aqueles dias que “foda-se meu cabelo eu só quero desabafar”. Não escrever um texto quando eu quiser mostrar minhas compras recentes, da mesma forma que não vou falar sobre moda quando eu quiser compartilhar aquela receita que, poxa, vocês tem que conhecer! E foi por isso que esse ano eu - quase - desisti de novo e deixei o blog sem atualização por um bom tempo.

Acontece que, com o fim do pré-vestibular e o excesso de tempo livre… Voltei. Fazem poucos dias, vocês perceberam. Voltei porque deu saudade, mas não deu saudade por causa dos comentários do tipo “oi que post legal visita meu blog” e sim por causa daqueles em que eu via que ali tinha uma “amiga”, que se identificou com o que eu escrevi, ou que gostou da dica, que quer um conselho ou que quer saber mais sobre tal assunto. E desde que voltei a escrever, só posto o que vem na cabeça, o que tenho vontade. Confesso que tô em uma fase mais voltada para decoração graças a vontade de morar sozinha e etc, mas se começo um seriado, se vejo um filme, se compro uma roupa ou se faço algo que possa virar um DIY, isso é o que vai aparecer por aqui.

O Garotas Dizem está assim porque eu simplesmente parei de me importar com resultados. E porque estou simplesmente farta de ver um milhão de blogs criados por meninas que só querem ganhar dinheiro, comprar um milhão de coisas e viajar pra fora do país. Se você quer escrever em um blog, seja o que for, crie um. Se você quer apenas dinheiro, estude. Vocês devem ter percebido... parei de fazer publicidade (a não ser que a empresa seja do tipo que me deixe apaixonadíssima pelos produtos e tudo mais). Não que eu seja contra, adoro quando sou remunerada por algo que eu gosto de fazer. Eu só não quero que isso não vire um trabalho sério e deixe de ser meu refúgio e minha diversão. Não quero medir palavras, escolher assuntos usando uma planilha do tipo "o que traz mais visitantes" ou fugir do que eu realmente sou pra tentar agradar duas mil pessoas que vem aqui e não podem parar nem por dois minutos e contar nos comentários o que achou daquele post que eu preparei com todo carinho.

Com isso, acho que estou fazendo a minha parte. Não sei se todos os blogs estão como o meu, porque diariamente recebo comentários com três palavras e o dobro de links. Diariamente vejo pessoas que passam por aqui apenas pra tentar "arrastar leitores" para os seus respectivos blogs. Espero que um dia a blogsfera volte a ser aquele lugar saudável e amigável que já foi um dia. E se o problema é com o Garotas Dizem, espero que fazendo minha parte, um dia ele volte a ser como antes. Um incentivo sempre é bom. É o que eu faço quando passo em um blog e gosto de um post, e é o que me inspira.

18 comentários:

  1. Me identifiquei muito, Lorenna. Aos 10 anos, criei meu primeiro blog. Amava aquilo e amava participar de concursos que davam gifs cheios de glitter como prêmio haha. Aos 15 anos, saí um pouco desse mundo e agora que voltei, aos 19, vi como tudo isso mudou e como as pessoas só se preocupam com números. Acho muito legal que blogar seja uma profissão hoje em dia, tenho muita vontade de ter uma renda a partir disso no futuro, mas como qualquer coisa que fazemos, precisa existir amor. E amor é o que mais falta nessa blogosfera.

    www.pedrasnajanela.com

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente eu concordo com cada vírgula que colocou no texto.
    Fico bem triste com aqueles comentários que você percebe que a pessoa nem leu o seu post, e está ali apenas para deixar seu link e com isso divulgar o seu blog.
    Eu ainda espero que a blogosfera se torne um cantinho para verdadeiras amizades e aprendizados.
    E parabéns pelo post, ganhou mais uma LEITORA '
    Beeijos '

    ResponderExcluir
  3. Falou e disse viu Lorenna :)
    Comecei a ver blogs com os 14 anos também.. mas só criei aos 16 por aí!! E postava só crônicas e textos, pois na época estava focada nisso. Hoje, igual voce, posto por prazer, por diversão e se um dia conseguir ganhar dinheiro, ótimo!
    Não sabia que havia deixado desse blog, eu gosto bastante dele. Sempre sincera e com ótimas postagens sabia??Não deixa aqui não :(
    Essa sua ultima frase que me deixou bem feliz! As vezes estou sem inspiração, sem vontade de blogar, aí visito um blog e vejo a bela postagem, e logo me vem uma ideia ou vontade de continuar blogando \o/
    a vida é assim ne? =D

    ResponderExcluir
  4. Hey Lore! Faz tempo que conheço o teu blog, tempo mesmo e sempre gostei xD Vi que, há algum tempo, tu se afastou do mundo dos blogs, eu até passava por aqui muitas vezes pra ver se tinha post novo e tal. E eu entendo o teu motivo.
    Eu que tenho meus míseros seguidores, meus poucos comentários, passo por isso, pela sensação de deixar algo importante atoa... O blog, mesmo hoje sendo grande veículo de informações, publicidade e tudo-o-que-tá-sendo; ainda para algumas pessoas é algo, do coração. Como se fosse um cantinho, só nosso ~na verdade é, rs~ Tem que ter cuidado, carinho e tal.
    Acho ridículo esses 'blogueiros' que só pensam em lucrar, hoje em dia, a maioria nem faz o blog por amor, faz porque quer dinheiro ~lê-se dinheiro fácil, porque as pessoas acham que blogar é uma atividade fácil~
    É muito legal essas meninas que ganham com o próprio blog, mas não por falta de esforço, ou não com o interesse em lucrar. A grana seria apenas consequência de trabalho duro. Mas, como tu falou, lucrar com algo que goste é muito bom, já pensou, eu com o meu blogzinho ganhar uma grana no fim do mês? É SONHO, SONHO DISTANTE! JDAHDUAHUDHAUH xD
    O chato é que, a maioria é assim: os blogs são vistos como mais uma arma de propaganda, de lucro; e o verdadeiro espírito do blog se perde.
    Enfim, é muita coisa pra entender, e, enquanto a blogsfera se devora, rs, ficamos aqui com nossos blogs à moda antiga, né? HSDUAHDSUAHDUHAS
    Volta mundo blogueiro! :B
    Kissus
    www.penseicliquei.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. P-E-R-F-E-I-T-O
    Tenho certeza que com essa atitude de levar as coisas de uma forma mais leve, blogando por você e não pelos outros, as coisas fluíram de uma forma bem mais saborosa.

    ResponderExcluir
  6. Autenticidade sempre. Impossível agradar a todos, mas quando o que fazemos é feito com carinho e dedicação conquistamos aos que realmente se importam! E, eeeba, tô feliz que o blog "voltou"!!

    ResponderExcluir
  7. Olá amiga blogueira :)
    Fazia tempo que eu não lia algo assim em um blog, e concordo com tudo que vc disse.
    Sinceramente está dificil mesmo encontrar blogs que não sejam apenas para ganhar dinheiro... Tbm acredito que o blog seja para expressar as coisas que vc gosta ou sente e compartilhar isso com outras pessoas que talvez tbm pensem igual a vc, e tambem com o intuito de se divertir, se distrair, viver :)
    Gostei muito do que li aqui e com certeza serei a mais nova leitora do seu blog..
    Tambem tive aqueles blogs com gifs, cursor de desenho e amava hahahaha !
    Hoje resolvi criar um novo blog, ainda está em construção, mas em breve estará no ar e tbm quero que seja por diversão, por amor, pra conversar, etc
    Bjão e até a proxima :)

    ResponderExcluir
  8. Hey menina... sou das antigas leitoras do seu blog, deixei de visitar por um tempo, mas agora voltei, e é bom ver um post tão sincero e honesto. É isso ai, a blogosfera já não é a mesma, e tá cada vez mais dificil achar gente que faz a coisa por amor... mas continue, seu blog é muito bom e é ótimo ver que você tem sua opinião muito bem fundamentada e não vai se render ao sistema e ser só mais uma nesse mundão de blogs comerciais. Grande abraço!

    ResponderExcluir
  9. Que bonito esse seu texto :)

    fico muito triste ao perceber o quanto os blogs sobre a vida, vida como a minha sabe? estão sumindo, e ficam só os grandes, que eu até sei que a pessoa só está passando detalhes bons da vida dela, mas é uma realidade muito distante de toda forma..

    seria legal se as pessoas voltassem a escrever mais sobre suas vidas, simples e divertidas como são, mas não posso falar nada, eu mesma escrevo raramente no meu, culpo o cursinho (ah você falou que acabou o pré vestibular! passou?) pela falta de tempo hihi

    beijos!

    ResponderExcluir
  10. Nicole, estou esperando o resultado do ENEM :) Também não me sinto bem acompanhando a vida de quem é completamente diferente de mim, por isso adoro quando vejo postagens mais "reais".

    Desculpa responder por aqui, a opção de responder cada comentário individualmente não está funcionando :(

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Assim como você disse, também "espero que um dia a blogosfera volte a ser aquele lugar saudável e amigável que já foi um dia". Os Blogs que mais gosto são todos desse tipo descontraído, pessoais, sem regras, aleatórios como a vida da gente. É isso que me encanta em um cantinho, poder ver a pessoa em suas diversas faces e ainda continuar torcendo por ela em cada momento, se sentir feliz com a felicidade do outro que transborda pela tela, e passar uma mensagem de força quando a tristeza e o desânimo transparecem. Ser blogueiro é isso, é ser o amigo próximo e distante ao mesmo tempo, é compartilhar um pouquinho de si que de certo modo também se encontra no outro, é se identificar e ficar por perto, porque aquela pessoa, o espaço dela(e) e aquilo que ela(e) faz te deixa feliz :))
    E que a sorte esteja sempre ano nosso favor no Vestiba! hehe

    ResponderExcluir
  12. Oi, acompanho seu blog já tem muito tempo, desde a época do orkut, naquelas comunidades de blogueiros onde realmente havia interação. O orkut decaiu, o facebook foi ganhando cada vez mais espaço e muita coisa mudou.
    Você não é a primeira blogueira que está notando essa diferença ultimamente, talvez não seja a última. Acho que não dá pra voltar a ser como era antes, mas dá pra traçar um caminho mais feliz daqui para frente.
    Os blogs surgiram como um diário virtual, mas isso quase não existe mais.
    Eu sempre achei que quando se cria um blog pessoal, pode-se falar sobre o que quiser nele; eu ainda penso assim e faço assim no meu.
    Desde que conheci o Garotas Dizem, gosto muito dele e mesmo na fase sem posts, eu dava uma olhada no seu twitter para saber como você estava, a gente admira as pessoas só pelo que conhece delas na internet.
    Que tudo se ajeite!


    Maria
    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Olha, acho que será um comentário bem grande e não sei se você terá toda a paciência do mundo de ler, porém, eu me identifiquei com o texto e queria desabafar. Desabafar com uma pessoa que não me conhece até soaria estranho se não parecesse que através do blog eu te conheço há anos. Eu sempre quis ter um blog mas por tão ter acessos, ía lá e o deletava. Achava aquilo muito legal mas parecia que eu remava contra a maré, e se você não tivesse visitantes o suficiente, não estaria fazendo um "bom trabalho", que nem trabalho é, mas não estaria fazendo algo bem feito.
    "Não quero focar em um só assunto porque eu sou uma pessoa normal, e uma pessoa normal fala sobre todos os assuntos que vem na cabeça. O meu blog é sobre tudo, não está em uma categoria específica e eu não tenho a intenção que esteja." faz um tempinho que criei o "Fora de Categoria" e o que você disse super enquadrou no meu blog. Eu não queria me aperfeiçoar nas makes, só sei passar a maquiagem básica e olhe lá. Não sou nenhuma Clarice Lispector para ter um blog só de textos pessoais. E eu me via sem uma diretriz e todo mundo dizia "Ah, para ter um blog você tem que saber o que quer falar".
    E se eu quiser falar de tudo?! E se eu não me vê enquadrada em determinado assunto mas sou um pouquinho de todos os assuntos? Esse texto foi muito importante para mim, e como fora de costume, não colocarei aqui o link do meu blog.

    Vou fazer para mim, não tenho a intenção de ganhar grana com isso. Só quero ser eu e uma leve observação: sinto saudades dos cursores personalizados, rs.

    Um beijo, Lorenna!

    ResponderExcluir
  14. Falou tudo!
    Uma campanha por mais blogs que pensem assim!
    Hoje em dia a pessoa mal cria um blog e já coloca um banner escrito anuncie (oi?).
    Ser blogueiro é modinha e infelizmente os blogueiros de verdade, que realmente fazem isso com amor são poucos =(

    Beijos
    Vivi

    ResponderExcluir
  15. Achei que eu era a única que pensava assim, não quero ter que ficar escolhendo as palavras pra expressar o que eu sinto em um post, falar sobre coisas diversas é o que eu quero, sem pensar na quantidade de visitas e coisas e talls, que vai ter!
    Adorei o post Lore, tem super meu apoio, adoro o Blog!! E nunca deixe de ser assim do jeitinho que você é!*-*

    ResponderExcluir
  16. Concordo com o que disse! Hoje com o facebook poucas pessoas fazem um blog maneiro expressando realmente as idéias, ou as vezes por falta de tempo mesmo, trabalho, estudos, enfim... Achei seu blog por acaso, mas já estou gostando muito, sinto falta disso quando eu era mais nova também costumava escrever bastante, tinha uma criatividade mas com a correria acabei ficando sem tempo e desisti de criar um blog. De qualquer forma parabéns pelo blog, realmente é encantador.

    ResponderExcluir
  17. Lorenna, você SAMBA! Só li verdades!
    Tinha um tempo que eu não vinha aqui no GD (e em qualquer outro blog), hoje vim dar uma olhadinha e foi só ler esse texto para eu me lembrar o porque do GD >>>>> Outros blog que só seguem modinha, com blogueiras que só querem ganhar dinheiro
    Continue assim sempre <3

    Beijos, Gabriela A

    ResponderExcluir
  18. Nossa, parabéns! Eu conhecia o blog de ler sobre ele em outros blogs, mas nunca tinha vindo aqui, pelo menos, não que eu lembre. E acabei de ler isso e recentemente eu ia deixando meu blog novamente - aconteceu em 2013, durante 3 meses - e eu não queria isso, eu não queria postar sobre uma coisa só, porque, como você falou, eu sou uma pessoa, gosto de falar sobre várias coisas, sobre várias categorias, sobre séries, filmes, fazer resenha, experimentar um novo gosto musical, isso é o que me faz ser eu.
    O que tenho que dizer é: Parabéns, pelo post e pelo blog.

    República Crash

    ResponderExcluir

 
Voltar ao topo