APENAS DESABAFANDO

postado por Lorenna Guerra

Tumblr_lhc4isisqy1qb6uqfo1_500_large

Tô no momento mais deprê da minha vida. Sabe quando você percebe que vai completar 20 anos, não sabe quem é e nem mesmo o que quer? Espero que você não entenda o que estou dizendo, e por isso vou explicar. É assim: Você tem um emprego, tem seu dinheiro, está onde muita gente queria estar mas continua mal. Não está feliz, não se dá bem com seu mundo e com quase nada ao seu redor. Esse é aquele momento que você para pra pensar e descobre que não sabe fazer nada e nunca focou em algo específico. Já teve mil vontades, dois mil sonhos e deixou tudo de lado. Já começou vários cursos e parou, já entrou em várias escolas e saiu, já fez vários amigos que deixou pra trás sem mais nem menos. Nunca gostou tanto de alguma coisa a ponto de se sentir realmente bem com aquilo. Nunca realizou um sonho e nunca viu alguém sentir orgulho de algo que fez. É o momento que você percebe que tem medo da vida e das pessoas ao seu redor, e por isso nunca levou nada pra frente.

Tive uma infância cheia de brigas e mudanças freqüentes, nunca passei mais de um ano na mesma cidade e escola, e nem mesmo lembro de quando meus pais ainda eram uma família. Sei que não posso colocar a culpa nisso, mas sempre que penso nessa infância fodida parece que o resto da minha vida vai ser assim também. A impressão é de que sempre estive sozinha, vivendo sozinha, correndo atrás do que é meu sem a ajuda de ninguém. Lembro de fazer cobranças que não deveriam ser feitas por mim mesmo quando bem pequena. Lembro de ir ao médico sozinha com dez anos de idade e ver coisas que fiz na escola quebradas e jogadas pela casa. Também lembro de querer fazer teatro ou jazz quando ainda era feliz e via um propósito na vida. Lembro que me negaram tudo que eu quis até eu perder a vontade de seguir em frente. E ai vieram com opções, e na boa, pra mim já não fazia diferença e ainda não faz. Pode parecer que é puro descaso com quem já tentou me ajudar, mas isso realmente é o que eu sinto e não aguento mais segurar por medo de machucar os outros. Eu estou realmente precisando desabafar e não tenho amigos próximos o suficiente pra falar sobre isso. Agradeço a Deus todos os dias por ter ao meu lado alguém que amo e que suporta todas as minhas reclamações sobre a vida, mas eu já cansei de deixá-lo atordoado com minhas histórias. Eu não aguento mais e isso é como se ele já não estivesse suportando também.

Eu só queria saber como é que se dá o próximo passo. Ou como superar um passado tão ruim. Estou no mesmo lugar a anos e não sei como sair daqui. Existe receita pra conseguir manter o foco e decidir qual é o caminho certo? Eu preciso, e rápido, antes que seja mais tarde do que já é. Confesso que estou me sentindo uma idiota por escrever sobre isso aqui, onde todos os leitores nem mesmo me conhecem pessoalmente. Mas sinceramente? Já faz um bom tempo que faço do blog o meu refúgio, e não tenho outro lugar pra correr quando meu mundo desaba. Me desculpem por esse choque de realidade no meio de posts falando sobre moda, música e coisas que deveriam deixar as pessoas felizes. Acontece que aqui é o único lugar que me sinto a vontade e que posso resolver se aceitou ou não os comentários que deixam. E felizmente, já faz um bom tempo que não tenho motivos pra recusar nenhum.

62 comentários:

  1. Poxa... eu me sinto completamente como você. Mas creio que algum dia isso mude, tenha fé em Deus Lorenna, as coisas vão mudar! s2

    http://metamorfosando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. adorei o texto. eu tbm fiz um desabafando. é bom desabafar. bjs
    http://avidademalu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Disse tudo, amei o texto, Lore!
    d-escomplicando.

    ResponderExcluir
  4. Lore, antes do Garotas Dizem ser um blog de moda e blablabla, ele é seu refúgio. O lugar onde você pode ser você e ninguém vai se intrometer nisso. Se você está com vontade de berrar para os quatro cantos que não aguenta mais se sentir desse modo, esse é o lugar certo e é aqui que você vai encontrar apoio.
    Eu não sou o tipo de leitora que comenta em todos os posts, mas conheço o seu trabalho aqui e vejo como você se esforça para manter o blog lindo e atualizado. Vejo como você é uma garota de ouro e que, com certeza, tem inúmeros talentos. Quem sabe você só precisa respirar um pouco. Logo aparece uma luz. Assim, quando menos esperamos, rola aquela oportunidade.
    Eu não tenho muitos conselhos, ou palavras de consolo, porque isso não é bem o meu forte. Só quero te dizer que estamos torcendo por você e se precisar de um ombro, um lugar para desabafar pode contar com as suas leitoras mais do que nunca! Lorenna, somos suas amigas e estaremos aqui sempre. Não se sinta sozinha nunca. Nunca mesmo. Porque você vai ter sempre a nossa companhia e nosso apoio.

    xiricutico.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo, Laís. Adorei ler isso. Já faz um tempo que vejo minhas leitoras como grandes amigas. Sempre encontro aqui o carinho que não vejo nas ruas ou nas pessoas que estão ao meu lado diariamente. Vocês são muito importantes pra mim!

      Excluir
  5. Lorenna, não tive uma infância como a sua, mas sei o que é sonhar mil coisas, desejar, arranjar amigos e deixar tudo para trás... como se tudo que eu quisesse, de uma hora pra outra enjoasse daquilo. O seu blog é algo para você se orgulhar, ter um emprego e saber se virar também. Tudo o que tens, mostra que não tem medo de viver. Apenas está meio desolada e se sentindo sozinha.
    Como dizem por ai, "mente sã, corpo sã" ... é isso que tens que fazer. Tens uma vida boa, e tudo o que ocorre é aprendizado! Basta você aprender a relaxar, curtir e ver os lados positivos nas coisas. O que é seu, está guardado, relaxe e boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, obrigada! Adorei ler o seu comentário, ajudou muito.

      Excluir
  6. Caramba é difícil mesmo não saber qual direção tomar, já senti isso...tipo tá tudo certo, mas eu sinto dentro de mim que as coisas estão erradas. Acho que não tem receita, as respostas vão vindo aos poucos, eu fiz terapia e minha psicóloga dizia que no meu caso as respostas estavam dentro de mim, eu sabia o que queria, só não tinha coragem de tomar as decisões...um dia vc vai ter as respostas de que precisa...

    ResponderExcluir
  7. A minha história é parecida com a sua, até a 8º série eu mudei diversas vezes de escola, e as mudanças eram maiores do que isso, parecia que o meu foco mudava. No ensino médio eu fui para um Instituto Federal e fiz um curso que eu não queria, por pura pressão, e ninguém nunca me perguntou se era aquilo que eu queria, só falavam que seria bom para mim, e que eu os ouvi-se pois tinham experiência, resultado ? não gostei. Passei em uma universidade federal e até agora não sei se eu realmente queria o curso que estou matriculada, e o pior não sei o que eu realmente quero, me sinto perdida como você. Eu gostaria muito de chegar e falar o que fazer, mas eu estou no mesmo barco e não sei o que fazer.

    @sweetheards

    ResponderExcluir
  8. É horrível essa sensação que está sentindo, realmente é difícil de dizer algo, mas quando estou cheia de problemas procuro pensar, "tem gente com problemas maiores que os meus". Acho que um próximo passo pode ser tentar realizar um velho sonho de infância, que tal teatro? Ainda dá tempo acredite, sempre a tempo. Eu também tive alguns sonhos que não consegui realizar muitos porqe mudei de ideia, mas quer saber tem outros que ainda não desisti, intercâmbio pra estudar Inglês por exemplo, eu ainda tenho esperança que vou conseguir. Espero ter te ajudado, sei como é ruim as vezes querer desabafar... Fica bem :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já pensei nisso, infelizmente na minha cidade não tenho nenhuma das opções. E mesmo se existisse aulas de teatro ou jazz aqui, o que eu não gosto já ocupa muito o meu tempo. Trabalho/estudos

      Excluir
  9. Olá Lorenna! Acompanho seu blog já tem um tempinho, nunca comentei, mas este post eu não poderia deixar passar em branco.Confesso que é muito bom ver que por traz de um blog existe sim, um garota com sonhos, duvidas e medos. É bom, porque estou cansada de toda está "falsa perfeição" que as meninas dos blogs de hoje mostram. E fico feliz por ver alguém passando pelos mesmos problemas que eu. Eu já tenho 23 anos e sei bem pelo que você está passando. Sou cheia de duvidas e também tenho um imenso problema em concluir coisas (tanto que já iniciei na faculdade de Letras - Artes Visuais - Pedagogia e Ciência da Computação. Nenhuma delas eu conclui, larguei tudo na metade do caminho.)isso é realmente muito frustrante, porque me fazia me sentir incapaz de ser boa em qualquer coisa. Sabe ... o conselho que vou te dar talvez seja o que você menos queira ouvir, porque era o que todos me diziam, mas só hoje eu vejo a importância: de tempo ao tempo, tudo se ajeita e quando você notar, tudo vai estar no seu devido lugar. Não há melhor remédio que o tempo. É ruim esperar, ver as coisas desmoronando ao seu redor e você não saber o que fazer. Mas com o tempo tudo se resolve, o segredo é nunca deixar de acreditar que o que é seu está guardado e esperando o momento certo para ser revelado, esperando você estar pronta. E então tudo dar certo <3 Bjus, adoro seu Blog!

    http://write-aboutit.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acredito sim que o que é meu está guardado em algum lugar por ai, só acho que está demorando demais para aparecer (ou acontecer). E isso me desespera. É difícil!

      Excluir
    2. Sim, isso me desespera muito também!!! Realmente é muito difícil, entendo. Tenho 23 anos e ainda estou esperando algo de bom acontecer também =(

      Excluir
    3. Se ainda não sabemos onde focar, vamos pelo menos ter fé. Algo bom vai acontecer e vamos conseguir :)

      Excluir
  10. Sabe o que eu acho! Que Você é muito corajosa, muito mesmo! Alem de ter passado por tudo isso, ainda teve cragem de vim aqui e colocar tudo o que está sentido no momento, acho que a coisa que você não quer agora é que sintão pena de você e pode ter certeza que a maioria das meninas que leram ou vão ler isso não vão sentir, admiração é a palavra certa, você passou por tudo isso e está onde muitas pessoas queriam estar sim, se sacrificou e muito talvez por medo de não conseguir ou apenas insegurança, mais olhe pra você talvez não tenha conseguido o que queria, mais conforme o tempo foi passando aquele seus sonhos foram ficando guardados e outros foram aparecendo, você conquistou muita coisa que eu sei que no "momento" você queria!
    E acho que se agora você está se sentido assim por não ter realizado aqueles seus sonhos que estão guardados busque-os lá no fundo abra a sua caichinha dos sonhos antigos e comece a realiza-los agora, pode você não perceber mais ainda a tempo, menina/Mulher de 20anos e pra falar a verdade essa é a melhor fase,"...Você tem um emprego, tem seu dinheiro..." agora é a hora de aproveitar e fazer dos seus sonhos realidades, espero ter ajudado e adorei poder fazer parte um pouco da sua vida! bjus
    Te Adoro*-* ah, sou sua Fã! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensei muito antes de postar isso, mas depois que publiquei não tive tempo pra me arrepender. Hahaha! Publiquei e já era, só espero que eu não machuque ninguém que leia isso. Mas aqui, obrigada pelo comentário! <3

      Excluir
  11. Sou muito nova pra falar disso, só tenho 13 anos, mas te admiro por você ter passado por tudo isso e seguido em frente. Mantenha o seu blog até onde você puder, porque pra muitos como você, ele pode ser um refugio mesmo :)
    http://blogcantinhodameninacrista.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, fica a dica de quem nunca correu atrás dos sonhos: Não desista do que você quer, tá bom? Aproveite a sua idade pra começar algo que goste e leve isso até onde conseguir, e estiver feliz ♥

      Excluir
  12. Não leio o seu blog e cai aqui não sei porque, mas olha, me reconheci muito no seu texto. E o melhor, reconheci um passado (não tão distante) muito tenebroso da minha vida. Foi estranho ler isso, porque se fosse a dois anos atrás eu poderia ter dito que fui eu quem escreveu. Eu não conseguiria escrever aqui como consegui, mas eu consegui. Fiz 20 anos não muito tempo atrás - mas já vivi muitas coisas que não seriam 'apropriadas' para a minha idade - e posso dizer que sou feliz, apesar de ainda ter algumas crises... Eu gostaria de te dar muitos conselhos, conselhos que eu gostaria de ter ouvido, mas é muito difícil. Gostaria de te dar um abraço também.
    Apesar de termos histórias tão parecidas, nada como o dia-a-dia para nos mostrar que não é tão simples, não é?
    Mas ainda assim, quero deixar alguma coisa.
    >> Você não vai encontrar um caminho para a sua vida até encontrar o seu verdadeiro "eu".
    Como você vai fazer isso? Ai é com você. Boa sorte :)

    ResponderExcluir
  13. Flor acredite você não é a primeira e nem será a última a passar por isso. Acredite que muitas pessoas então iguais a você tão cheia de dúvidas e medos, vivendo uma vida aparentemente sem sentido, mas poucas têm a coragem de assumir isso. Acredito que hoje compartilhando conosco um pouco mais da sua vida você quebrou uma grade barreira, a barreia do medo de falar sobre nosso medos e traumas. É difícil a gente deixar o passado lá atrás guardado onde teria ficar, mas pense que não podemos muda-lo pense nas pessoas que realmente se importam com você e te amam e comece agora a escrever o teu futuro, sem cobranças, aproveitando cada momento como se fosse o último vivendo o presente. E quanto os medos e dúvidas eles fazem parte, nos fazem evoluir e melhorar.

    ResponderExcluir
  14. São horríveis esses momentos,por isso tento me distrair ao máximo para não ficar para baixo, o que as vezes é quase impossível. As vezes também tenho medo da vida e das pessoas, o meu medo me faz não arriscar e só me faz continuar no mesmo lugar sempre. Eu acho ótimo quando blogueiras desabafam em seus blogs, mostra que ali é o blog, mundo delas. :)

    Força garota!

    ResponderExcluir
  15. Oh gente, vou dar a minha opinião, por mais irrelevante que seja, mas sinto que devo ao menos tentar ajudar. Parece que você pegou trauma da infância, se sentia solitária quando menor e esse sentimento ficou, por que você não volta com alguns projetos antigos? Como o teatro, o jazz etc, ainda é cedo, você é novíssima, está começando a vida, tem muito o que fazer, muito o que descobrir e muitos gostos a serem recuperados, sonhos a serem realizados. Não deixe a tristeza te dominar, encha-se de projetos bacanas e não largue nenhum, realize todos, seja feliz e deixe esse trauma de lado. Se ame, acima de tudo, e tudo dará certo, acredite no que digo. E, novamente, seja feliz. Te desejo isso do fundo do coração.

    ResponderExcluir
  16. Eu sei o quanto isso é difícil. Passei uma fase aos meus 18 anos (tenho sua idade) que não sabia o que queria. Não tinha passado de primeira na federal daqui de PE pra publicidade e estava num cursinho pra tentar outra vez, só que - como você - eu estava infeliz com a escolha. Eu estava acomodada. Chorei bastante, me intriguei muito, sofri por um tempo, até que um dia me apareceu a solução: decidi que queria fazer Design de Moda numa faculdade paga mesmo. Olha, eu até hoje não sei se é isso que o destino me reservou, mas hoje tô no último período e não me arrependo nem por um instante de ter largado tudo pra entrar nessa aventura! A vida é uma montanha-russa, sabe? A gente vai passar por altos e baixos e só nós podemos fazer dela uma viagem realmente prazerosa. Não digo que isso é minha dica pra você, porque cada caso é um caso, mas no meu caso, foi ótimo fazer uma escolha arriscada. E se eu sentisse/sentir que estou fazendo errado, vou parar e tentar outra vez. A gente tem 20, Lorena, temos muito chão pela frente! Agora vem outro momento difícil pra mim: a pós graduação. E nesse caso vou dar um pouco de tempo pra saber o que eu realmente quero.

    Só tem uma dica que eu te dou explicitamente agora: tenta se distrair disso. Arranjar algo interessante pra fazer, sejam as aulas de teatro e jazz que você tanto quer (dança funcionou comigo!), sejam outras atividades, como ser voluntária num abrigo de animais ou qualquer coisa que te faça sorrir, isso já é um começo. Boa sorte e saiba que tem uma multidão torcendo pelo seu sucesso e felicidade!

    ResponderExcluir
  17. Oi, Lorenna!
    Nossa, fiquei surpresa com o POST!
    Olha, chega um momento na vida da pessoa que tudo parece complicado demais mesmo e insuportável! Só que o nosso problema é que a gente quer tudo no nosso tempo! E não é bem assim... Sabe, quando você olhar para trás depois vai perceber que as coisas aconteceram no tempo e no momento certo...
    Enquanto estiver viva e tiver disposição e força de vontade é tempo para tudo! Aproveita o que estiver ao seu alcance! Boa sorte com tudo e um abração! :*

    ResponderExcluir
  18. Oi, Lorenna!
    Nossa, fiquei surpresa com o POST!
    Olha, chega um momento na vida da pessoa que tudo parece complicado demais mesmo e insuportável! Só que o nosso problema é que a gente quer tudo no nosso tempo! E não é bem assim... Sabe, quando você olhar para trás depois vai perceber que as coisas aconteceram no tempo e no momento certo...
    Enquanto estiver viva e tiver disposição e força de vontade é tempo para tudo! Aproveita o que estiver ao seu alcance! Boa sorte com tudo e um abração! :*

    ResponderExcluir
  19. looh, adorei seu post. e de verdade, vc nao ta sozinha nao! mesmo a gente tendo sido melhores amigas na setima serie, pode contar sempre ;) adoro voce ^^

    ResponderExcluir
  20. ME identifiquei muito com seu desabafo, e o que tenho a dizer é que o pior é quando você chega aos 29 e não realizou nada de importante e se sente vazia (meu caso)...

    O que posso te dizer é que deve haver algum propósito pra essa merda de vida, e o que podemos fazer é continuar procurando e tendo esperança (ficar esperando o que não sabe se virá)

    Enfim eu to na mesma crise que você, num posso te ajudar muito, só dizer que compartilho das mesmas emoções e se precisar contar todos seus problemas e falar mal da vida pra alguém e não tiver ninguém afim, eu estou aqui, de alguma forma, bj

    http://www.umamulherdefases.com.br/

    http://www.umamulherdefases.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Loooh, gosteei muito do seu post. é bom a gente por pra fora o que ta sentindo mesmo. eu tambem sei o que é so ter o namorado pra te ouvir certas horas.
    mas vc nao ta sozinha não viu. mesmo a gente tendo sido melhores amigas so na setima serie, pode contar sempre ;)
    lembro que chorei tanto quando vc foi embora... =\
    gosto muito de voce lorenna ^^

    ResponderExcluir
  22. Nunca deixei um comentário em nenhum post seu (por preguiça, confesso), mas nesse eu me sentiria muito culpada se não te falasse alguma coisa.
    Eu sei que tu nem me conhece e que a minha opinião na real não vai valer de nada. Não tô dizendo que a opinião de pessoas alheias é irrelevante, mas tu tem que se encontrar por ti mesma.
    Eu passei (e ainda tô passando) por uma situação parecida com a tua, umas das diferenças é que eu tenho só 17 anos. Me mudei recentemente pra uma cidade que eu DETESTO, e essa é a milionésima mudança devido ao trabalho do meu pai, eu sei bem como é se mudar e deixar tudo pra trás e sei também como é ruim ficar falando dos problemas pros amigos, parece que é um peso e que eles vão enjoar de ti se tu ficar falando toda hora, mas isso não vem ao caso.
    Uma coisa que eu aprendi é que tu vai encontrando o que tu quer aos poucos... eu passei por fases horríveis, de ter que tomar remédio forte pra depressão por não me aguentar mais e coisas desse tipo, mas agora, aos poucos, eu tô conseguindo me encontrar. Vai levar um tempo até eu conseguir fazer tudo que eu quero e eu sinceramente não sei se quando eu conseguir eu vou ficar totalmente feliz porque as coisas mudam com o tempo e o que tu queria há um tempo atrás hoje já não faz mais diferença.
    Só espera. Eu sei que tu vai ler isso e achar ridículo, foi a mesma coisa que eu pensei quando me disseram, mas espera. O tempo melhora tudo, de verdade.

    ResponderExcluir
  23. Podia ser pior, vc podia estar no 8 periodo de um curso q vc odeia, ter 22 anos e nunca ter trabalhado, n ter nem tirado sua carteira de trabalho , estar a qase 4 anos numa faculdade onde todo mundo consegue bolsa qalqer coisa e vc nunca conseguiu, por azar, ou falta de competencia mesmo. Bem, essa sou eu...

    entao vc imagina coomo eu me sinto ne?!

    muuuuuuuuuuuuuuuito infeliz. E o pior que compenso isso comendo, e ag estou uma rolha de poço..

    to cada dia mais triste.

    bjs

    carlinha-carvalho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Outra coisa, me sinto exatamente como vc em relaçao aos meus pais.. Sab, Lorena, eu tenho a impressão que meus pais nunca foram felizes juntos. Que foi um erro enorme eles terem se conhecido. São duas pessoas que não sabem cv, q n respeitam um ao outro, e sobra tudo pra mim. Desde q me entendo por gente, minha mae é minha mae, e meu pai é o marido da minha mae, e só. Ele nunca foi pai, nunca cv cmg, nunca foi a uma apresentaçao de escola, nunca perguntou nada q n foss relacionado a pagar alguma coisa, e em geral, soh coisas q envolvesse escola. traiu a minha mae por longos 23 anos de casados.. e ela se acha uma vitoriosa por ter suportando tanta humilhaçao em prol da fammilia.... bem, eu n vejo vantagem, mas n digo a ela q pra mim ela n passa de uma pessoa covarde e sem brio, pq seria muito pesado pra ela suportar isso...

    o q importa eh q eu sempre fui orgulho da minha familia por me dar bem an escola. mas e dai? passei no 11* lugar de engenharia na ufmg, assim q sai do terceiro... ooh q orgulho!!!

    faço uma engenharia q eu detesto... eu amo engenharia, eu amoooo matematica essas coisas, mas poxa vida, fazer engenharia agricola, é muito triste! eu n gosto de nada q envolva mato e roça, e faço engenahria agricola. n tenho coragem de largar o curso... jah to no final.. falta praticamente um ano e meio (se dilma ajudar ae com essa greve)...

    Tb tenho uma pessoa que me ajuda muito. na vdd tenho um namorado maravilhoso q eh minha esperança de um dia ser feliz... sair desse inferno e n ter mais uma casa, e sim um lar... sonho em ter um afamilia de vdd.. pq pra mim eu soh tenho minha irma como familia... pq soh com ela posso contar de vdd... meu pai trata a gente como inimigo qdo descobre algum problema, passa a nos odiar sem perguntar nada, sem tentar saber oq tah acontecendo de verdade... minha mae me trata com frieza e grosseria sempre.. as vees, bem as vezes, eu tento socializar com ela, e mesmo assim, eh dificil...

    nao me sinto a vontade na minha casa. sinto que o unico lugar q faz parte da minha casa eh o meu qarto... o resto eh a casa dos meus pais. n posso dar pitaco onde as coisas estao gardadas, n posso reorganizar nada q n seja no meu qarto, n posso assistir tv qdo eu qero, e nem muuuuuito menos no canal q qero, a casa n eh minha ne?!

    ate pra tomar banho tenho q ver se ngm vai precisar do banheiro... eh muito ruim viver aq.. e o pior q jah estou qase com 22 anos de idade e n tenho nem um emprego p pensar em rachar um ap com alguem... n da p sair daq.. tao cedo n vou poder sair daq. e n pretendia me casar p depender de marido... qeria sair daq antes e depender de mim mesma, e depois casar.. mas n vou conseguir esperar tanto tempo.

    acho q praticamente escrevi um post ne?!
    mas eh q eu tb tenho precisado tanto desabafar, mas n acho justo fazer isso com meu namorado denovo.. ele tah trabalhando tanto anda tao cansado, vejo ela a cada 15 dias se eu for usar esse tempo pra desabafar ele vai eh me largar! aeeu morro!rs...

    enfim, n gosto de falar isso com meus amigos pq tb sinto q fico antipatizada.. aproveitei a sua deixa..

    bjs

    carlinha-carvalho.blogspot.com
    se quiser trocar e-mail... carlacarvalho@ufmg.br

    ResponderExcluir
  25. Você tem uma grande facilidade de expor os seus sentimentos e o faz de maneira muito legal. Essa situação de insegurança é normal em algumas fases da nossa vida. Ouça o seu coração e passe a trabalhar, de maneira tranquila naquilo que a faria mais realizada, mais feliz. Conte sempre comigo! Um grande beijo em seu coração e rogo a Deus bençãos para a sua vida.
    Beijos, linda!
    Denise (anônimo, porém, assinado.rsrsrs)

    ResponderExcluir
  26. Cheguei aos 20,e vi que minha vida não é como eu imaginava que seria quando terminei o ensino médio,os sonhos e planos não se realizaram.Passei e passo por momentos difíceis como o seu,questiono a vida e parece que não consigo achar uma saída.E depois de sofrer e até chorar,passam-se os dias e analisando a minha vida pelo lado bom,vejo que muitas coisas boas que não foram planejadas a anos atras aconteceram;coisas que me fizeram crescer,me fizeram aprender.
    Desabafar ajuda muito,Lorenna.Pensar sobre os rumos que a sua vida vai tomar.Mas lembre-se:nenhuma vida tem só coisas ruins ou só coisas boas!
    Agora,é seguir em frente,e as coisas vão ser do jeito que tiverem que ser,e as decisões que serão tomadas,serão sempre as melhores.
    www.petalasdeliberdade.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  27. Sabe Lorenna, depois de ler este post (e os comentários) fiquei pensado em como muitas pessoas passam por momentos parecidos, mesmo que em momentos diferentes da vida. Não posso dizer que sei o que você está passando, pois apesar de estar em um momento semelhante, só a gente sabe o que passamos de verdade. Também não tenho nenhum "conselho" para te dar, mas posso dizer o que eu estou fazendo para mudar a minha vida. Tentar resgatar alguns velhos sonhos que foram abandonados há muito tempo, cuidar mais do corpo e da mente, e arriscar, sem me preocupar tanto com os outros. Venho tentando há algum tempo, já tive muitos tropeços, e ainda não cosegui chegar onde eu gostaria. Mas a expectativa de que tudo vai melhorar já tem feito com que eu me sinta melhor.
    Eu desejo sinceramente que você consiga sair dessa, porque ninguém merece viver assim, e você é uma pessoa especial. E se precisar de ajuda, saiba que aqui sempre poderá encontrar pessoas que se importam com você. Acredite nisso!

    Bjs
    Edna
    http://www.modernices.com

    ResponderExcluir
  28. Confesso que leio seu blog sempre, mas nunca senti necessidade de comentar. Mas, hj até chorei com seu post e olha que não costumo chorar fácil, rs. Sua angústia me comoveu e embora eu não tenha nenhum conselho milagroso para te dar acredito que só a sua vontade de mudar e de encontrar algo que te faz feliz vai te guiar para isso. Sei que é difícil dar tempo as coisas e esperar por algo que parece que não vai acontecer, mas vc me parece mto corajosa e determinada a querer ser feliz...com o tempo acredito que encontrará o que vc ainda nem sabe. Mesmo sem te conhecer te desejo mtas felicidades nessa vida!bjoO

    ResponderExcluir
  29. Só consegui me livrar desse sentimento que vc sente hoje quando resolvi fazer as minhas escolhas sem olhar para o que os outros pensavam e queriam, coloquei o meu desejo em primeiro lugar, mesmo sendo desejos loucos. Não é fácil e tive que abrir mão de conforto e ralar muito, hoje vivo minha vida e pago minhas contas sem precisar de dar satisfação para o mundo. dei um exemplo para vc saber que tem saida, não é fácil mas tem. Bjs

    ResponderExcluir
  30. Olá Flor! Fico por um lado ver que nesse mundo blogueiro encontrar pessoas que passem algo parecido do que ando sentindo. Em partes me sinto como vc, primeiro começa com eu aos 12 anos perder a minha mãe para o câncer. E acho que foi desse dia que tudo na minha vida deu errado. Passei e passo até hoje muitas necessidades. Passei fome, passei altas dificuldades. Não tinha dinheiro e meu pai nem me dava ao luxo de comprar um calcinha pra mim pq ia faltar na comida. Os únicos momentos em que vivi que foram os melhores foi os poucos momentos que trabalhei. Mas depois disso viva sendo cobrada pelos estudos, entrar na faculdade qndo não sentia preparada e nem sabia o que quero.

    Entrei num curso onde achava que era o que gostava, lá encarei uma cidade nova, pessoas novas, tudo novo. Tive dificuldade e decepções com pessoas e a própria universidade e curso. Fora um namoro a distância e um pai em depressão. Depois com o tempo fui percebendo e entrando em depressão, já não sabia o que queria fazer da vida. Totalmente infeliz. Sem vontade para estudar. Sem esperança e discrente em tudo. Cheguei a começar a freguentar uma psicóloga. Até que nessas férias eu dei um basta.

    Isso tudo foi um resumo do resumo. Mas hj continuo com meus sentimentos de que não vou conseguir o que quero, que não encontro algo que realmente me de prazer em fazer. Mas estou em busca, acredito que meu futuro é na fotografia. Vou tentar o Enem pra ver se consigo uma bolsa.

    Quero trabalhar, ter meu dinheiro para fazer e comprar o que eu quiser e conseguir de vez minha independência. Acho que vc deveria para, refletir e qndo decidir o que quer, ir buscar. O meu problema é por falta de ânimo e objetivo de vida. Sem isso, não vamos em frente. Não fazemos nada.

    Espero que vc se encontre em algo que goste e seje muito feliz.
    Adorei seu blog!

    ResponderExcluir
  31. que textinho triste :c as vezes me sinto assim, mas essa "confusão" logo passa, espero que com você também passe.. beijos

    ResponderExcluir
  32. Me encontro na mesma situação. Odeio recordar a minha infância. E hoje, com 16 anos, no último ano do ensino médio, fico me perguntando o que eu vou fazer daqui pra frente, quando sair da escola. Muitas pessoas me criticam, falam que eu sou nova e posso estudar. Claro, tem um leque de oportunidades na minha frente que me possibilitam mudar minha situação. Basta eu focar naquilo que eu quero que eu posso conseguir... o problema é que minha insegurança em mim mesma é o que mais me prejudica. As pessoas ao redor não me dão incentivo, e eu me vejo como mais uma pessoa no mundo que não tem capacidade de mudar a atual situação. E aí a pergunta que eu faço é a mesma que a sua: "Existe receita pra conseguir manter o foco e decidir qual é o caminho certo?"
    Espero que consiga encontrar o caminho certo a seguir, você é corajosa, nova e pode mudar sua vida, basta acreditar em si mesma.

    ResponderExcluir
  33. na minha opinão vc está precisando muuuito de Deus, amigos fiéis e verdadeiros q te apoiem e te dê conforto. Em q realmente vc possa confiar!

    ResponderExcluir
  34. Oii..bom nao conheço mto sobre vc..mas a um tempinho venho seguindo seu blog...eu nao sei pq vc esta se sentindo assim..mas as vezes precisamos desabafar mesmo..achei tudo mto sincero o que vc disse...
    Bom na verdade agente pode estar cercada por multidões de pessoas e mesmo. Assim se sentir sozinha..as vezes tbm tenho esses momentos de depre..mas tdu vai passar..acredite em si mesma..tdos nos estamos torcendo por vc ..e nos conte tdu oq estiver sentindo..nao só os momentos bons..mas quanto estiver se sentindo triste tbmm...acredite..deus estara smp com a gente..basta ter fé..um bjo grande...

    ResponderExcluir
  35. Ei, estamos com vc linda! Blog é pra isso tbm... conheço o seu blog a pouco tempo mas sei bem como é isso, afinal, tenho blog tbm e desabafo lá também. Meu conselho: pordoe! Perdoar é difícil mas é a coisa mais libertadora do mundo porque você se livra da raiva, da mágoa se sente mais livre e consegue viver e creia em Deus e em dias melhores, to orando por vc, mantenha os olhos aberto porque Deus vai te dar novos caminhos, ctz : )

    ResponderExcluir
  36. Me identifiquei muito com o texto. Mesmo sendo mais nova que você, eu já tive momentos assim, é um vazio no peito inexplicável que o sorriso não aparece de jeito nenhum, Você se sente idiota por ter tudo o que precisa e todos que lhe amam ao seu lado mas alguma coisa ainda não está certa. Isso é um conflito interno, você não deve se culpar, vem involuntariamente. Mas vá fazendo coisas que gosta, continue desabafando aqui no blog se precisar, afinal ele é seu diário virtual, não se importe com uma ou duas pessoas que não gostam do que você escreve, porque acima de tudo sua opinião tem que prevalecer. Quando você menos perceber, estará sorrindo de novo.

    Beijos e força ♥
    www.garotadeallstar.com

    ResponderExcluir
  37. Nossa... Amei o texto, aliás, sigo o blog faz pouco tempo (alguns meses) dá p/vc que vc é gente fina Lorenna ...
    Sei que vai ficar tuuuudo bem .... Bjão*--*

    ResponderExcluir
  38. Nossa escrevo em lágrimas esse comentário pois me vejo muito nesse post assim como várias meninas pelo visto infelizmente não posso dizer q isso passa pois minha vida ainda tá na mesma não tive adolescencia como muita gente ´não saia de casa nao ia a festa nao tinha amigos e td por um pai alcoolatra q eu tinha medo de largar minha mãe sozinha em casa passaram os anos e me casei minha irmã fico lá vivendo como eu hj quase trinta anos nas costas graças a deus meu pai melhoro depois de um grave acidente mas a vida não to casada sendo dona de casa numa fiz nada q sonhei nao trabalho simplismente deixando a vida passar me sinto uma inutil q nao faz nada q naão corre atras não tenho amigos nenhum nem pra ligar pra desabafar pelo menos aki no blog tenho esse espaço e vejo tanto gente igual a mim. Lorenna o blog e seu vc tem direito de fazer o q quiser ninguem deve te cobrar se tem ou nao post frequente da sua vida so vc sabe continue como está quem não gosta q se mude!!!

    ResponderExcluir
  39. Realmente quem vê cara não vê coração, quem olha pra vc jura que é mais uma dessas meninas mimadas que tem tudo o que querem, mas enfim... Tenha orgulho de si mesma por de já ter passado por tudo isso e ainda por cima sozinha, como vc mesma disse ... e se tudo não está tão bem, pode até parecer clichê, MAS A ÚNICA SAÍDA É DEUS! Ele sim tem a resposta pra tudo isso... enfim, bjs chará fica com Deus.

    ResponderExcluir
  40. Lorena, eu te entendo e posso entender como é se sentir assim, deixada de lado, mais eu espero que fique forte e passe por essa fase difícil! Beijoos e fique bem!

    ResponderExcluir
  41. Há um tempinho atrás eu estava me sentindo muito sozinha, não tinha ninguém em que eu podia confiar, foi ai que eu dei uma chance pra Deus, comecei a falar com ele tendo certeza (fé) que ele estava me escutando, foi ai que tudo começou a mudar, comecei a deixar minhas preocupações, magoas, deixei tudo pra ele cuidar e isso fez muita diferença pra mim. Peça pra ele amigos bons, peça ajuda a ele, mas peça com fé, sério, só tem que acreditar que ele existe, tem que acreditar...
    Beijooos
    Que Deus te ajude e te abençoe!

    ResponderExcluir
  42. Este é o SEU blog... É um lugar dentre outros que serve para que você se sinta a vontade! Continue assim. Eu tenho a mesma idade que você. Mesmos dramas... Sério!
    Você precisa RESPIRAR. Tirar um bom tempo pra se encontrar! Tem gente que só com 35 anos acha o seu verdadeiro lugar, ou se sente realizado! (Não que isso vá acontecer contigo, mas geralmente...)
    Você não é OBRIGADA a nada. Muitas vezes exigem demais da gente, sendo que à 5 anos atrás pensávamos em bonecas!
    Não se cobre tanto, não pense tanto, não faça tanto. RESPIRE.
    Administre as suas prioridades! Bote no papel tudo que DESEJA, QUER e TEM QUE FAZER!
    Converse com Deus, se você pedir sabedoria, discernimento, calma... Ele NUNCA vai negar pedido de uma filha!
    Resolver seus problemas interiores, sua magooa, suas tristezas, sua dor... "É ele me magoou, ela me fez de trouxa, aquele me xingou a toa..."
    Queime o livro todo... Queime as paginas... Comece uma nova vida, sem ficar dependendo do passado, sem ficar olhando pra trás. Porque as pessoas erram com você, você erra com as pessoas, você erra consigo mesma, E AS VEZES sem querer!
    Se o peso das coisas te incomodarem, coloque esse peso em outras coisas! Tem gente que coloca na IOGA, outras em BLOGS, outras na MUSICA, DANÇA, ESCRITA,NA FÉ.
    Só não cometa o erro de colocar todo o peso em coisas erradas!

    Ame o proximo, como a si mesmo! Por isso continue escrevendo aqui e iremos te ajudar!

    ResponderExcluir
  43. Já passei por isso e sei como é estar desanimada com a vida, mas tente olhar para frente e deixar o passado para trás. Se você perder, não perca a lição, então use as coisas ruins pra ver o quanto você é forte, afinal de contas você chegou até aqui não é mesmo? Você tem muita vida pela frente ainda então não olhe pra trás, e se olhar que seja para as suas conquistas! Bos sorte garota ^^

    ResponderExcluir
  44. Oi Lorenna, em primeiro lugar quero elogiar o seu trabalho com o blog,amo ler toda semana,acho ele muito fofo e é a sua cara,por isso não se importe de desabafar aqui,até porque se nós leitoras visitamos é devido ao nosso reconhecimento do seu empenho e por gostar de você!
    Você fez muito bem em falar tudo que sente,é importante ouvir palavras que podem nos ajudar e fazer sentir melhores. Eu andava numa situação parecida,no sentido de não saber muito bem se as coisas que eu estava fazendo iriam me fazer feliz,as vezes ficava deprê,me sentia inferior e desanimada,mas parei de pensar assim,porque eu tenho uma família que me apoia,poucos mas bons amigos e um namorado,que são muito especiais na minha vida. Eu sei que eu não tenho uma vida perfeita,mas tenho saúde,tenho oportunidades para estudar e crescer,e muitos coisas que pessoas da minha idade não tem oportunidade de ter. Por isso que agradeço a Deus todos os dias,por tudo que ele me deu,e tudo que realiza na minha vida. E também estou criando uma confiança em mim mesmo,que digo não ta sendo fácil,mas sei que vai refletir em mudanças la na frente. Cada um tem uma vida diferente,mas o que todos temos é um papel nessa vida, e você já foi muito abençoada,da para ver isso pelo seu blog. Por isso não tenha medo,você ainda ira se descobrir e sera muito feliz. Você ainda irá se orgulhar muito de você mesma! Sucesso! Beijos

    ResponderExcluir
  45. Como é bom desabafar ne? Lore quando voc~e pensar nisso, pense voc~e não esta sozinha é uma pessoa muito amada por todaas as suas leitoras, espero que nunca esqueça disso!

    Força, beijos e um abraço cheio de carinhoo

    ResponderExcluir
  46. Olá, Lorena! Passando pra comentar aqui no seu blog e vi este seu desabafo. Realmente nao se importe de desabafar conosco, seus seguidores (com muito orgulho). Te entendo perfeitamente. Às vezes também passo por isso e acabei me identificando muito com seu texto... Mas se me permite lhe dá um conselho, te digo que o melhor a fazer durante esses tempos e toda a sua vida é correr atras do que vc realmente quer sem se importar com qualquer outra coisa e muito menos seus medos. Pois se já tá ficando tarde é porque vc desperdiçou chances, oque nao quer dizer que nao vai haver outras para aproveitar.
    Espero que tenha ajudado.
    Bjss!

    ResponderExcluir
  47. Oi Lore, primeiramente não se sinta envergonhada de desabafar no blog, pois aqui é seu cantinho, o lugar em que você pode ser quem você é sem medo da opinião alheia ou qualquer coisa do tipo. As vezes a vida pode parecer dura, difícil, mas não é. Por mais difícil que sua vida têm parecido, lembre-se de sempre olhar pelo lado bom e pensar: ''Existem muitas pessoas em situações piores do que a minha.'' Sempre que se lembrar das tristezas da vida, lembre-se de Deus, aquele que não importa quantas vezes seu coração for quebrado sempre vai curá-lo. Espero realmente que você fique melhor e saiba que se precisar de alguém estou aqui. Afinal, leitores são amigos também, né? Beijo!

    ResponderExcluir
  48. Nossa eu também mim sinto mesma coisa que você, parece que minha vida a cada dia que passa vai desabando eu entro num mundo só meu, vivo sempre sozinha,e tenho a impressão que ninguém gosta de mim e as pessoas só mim procuram quando precisam eu não aguento mais viver desse jeito quero ser feliz.

    ResponderExcluir
  49. Flor, que coragem de postar isso no blog, isso mostra que se você consegue postar isso no blog, você consegue muitas outras coisas ! Canto, atuar, dançar, pedagogia, veterinaria, enfermeira, existem inúmeras opções, e a sua, está guardadinha, te esperando, pra quando você chegar, perceber que, ''aquilo'' foi feito pra você, e que você seguirá aquilo com MUITO carinho e dedicação ! Boa sorte Lorenna (:

    ResponderExcluir
  50. Teu texto é perfeito! Tb me sinto assim :( choro mto pq to até com depressão. Vc n é a única.....

    ResponderExcluir
  51. ola amiga eu li o seu poste e estou ttao impressionado sabes e eu tambem estou procurando algum lugar para desabafa a minha vida que a uma semana vai tao ruim eu fui traido numa relacao com mais de 3 anos, sabes mas tambem estou torcendo para que voce melhore pois estar assim e ruim pessoal eu estou a precisar realmente de alguem q me oica se tiver alguem interessado em me ouvir pode me add milsinho.milsinho@live.com ou manda uma mensagem para o meu celular 00244925597225 (de angola) eu vou ligar pra vc por favor meu nome e milson ja nao aguento mas

    ResponderExcluir
  52. Nossa, me informaram desse blog dizendo qe era mto bom. vim ah prokura e confesso que eeh bom msmo. Eu me sinti sendo vce nesse texto. e cnseteza nn eh nda boom. nn peça deskulpas por isso. nn tem o pq... Se kizer conversar cmg, o meu msn éh: williene_lila@hotmail.com .... Beijuus Lorenna ..

    ResponderExcluir
  53. Sou assim, e conheço pessoas assim! Sempre leio seu blog e acompanho seu facebook. Essas coisas realmente nos deixam para baixo e com uma vontade de sumir ou desistir. Mas temos que fazer por nós próprios, demoramos anos para nos encontrarmos, pode ser que isso nem ocorra, mas sempre temos a liberdade de querer mudar e tentar encontrar. Mas acredito que por mais dos problemas você tem coisas e tem Deus para te deixar melhor, todo carinho para você! Beijos !

    ResponderExcluir

 
Voltar ao topo